Carregando

Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

Fique por dentro

Há mais de 10 anos superando expectativas...

Solicite sua proposta

Especialista recomenda vistorias de rotina em condomínios

Administração de Condomínios

Após queda da área de lazer do condomínio Grand Parc, na Enseada do Suá, tem aumentado a preocupação de condomínios com as condições das edificações

Depois da queda da área de lazer do condomínio Grand Parc, na Enseada do Suá, tem aumentado a preocupação de condomínios com as condições das edificações, segundo o Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias em Engenharia (Ibape). Para evitar problemas graves ou não, o presidente do instituto, Rubio Marx, recomenda que as vistorias das edificações entrem na rotina dos complexos residenciais.

Rubio explica que é preciso contratar um engenheiro civil capacitado para fazer essas vistorias rotineiras. A partir do que for constatado pelo profissional, o condomínio deve se responsabilizar por fazer os reparos indicados a fim de evitar acidentes. O presidente do Ibape explica que a frequência recomendada para as vistorias vai depender da idade de cada edificação.
 
Mesmo que essa prática ainda não tenha entrado na rotina dos conjuntos residenciais, ao a preocupação com as condições dos edifícios tem aumentado. Segundo Rubio Marx, após a queda da área de lazer do condomínio Grand Parc, aumentou a demanda por vistorias na Grande Vitória. O presidente do Ibape, no entanto, não sabe informar de quanto foi esse crescimento.
 
De acordo com o Rubio, os problemas identificados nas vistorias não são graves, mas precisam de atenção dos condomínios. “Alguns casos que nós observamos e que estamos acompanhando são casos que, se não forem tomadas as devidas providências, podem ser tornar graves”, contou.
 
Para solicitar uma vistoria, Rubio recomenda a contratação de um engenheiro de confiança. Caso o contratante não conheça um profissional com esse perfil, o presidente do Ibape indica que os condomínios busquem o próprio instituto ou o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea).
 
Fonte: Radio CBN